Acidente de trem na China deixa 32 mortos e 100 feridos

 Ao menos 32 pessoas morreram e mais de 100 ficaram feridas na colisão de dois trens no leste da China, segundo a agência oficial Nova China.

O trem se chocou com outra composição que estava parada, por falta de corrente elétrica, devido a um apagão causado por um raio, informou a imprensa estatal.

O choque provocou o descarrilamento do trem parado num viaduto e dois de seus vagões caíram do alto, na cidade de Wenzhou, na província de Zhejiang (leste). O acidente aconteceu as 20H30 (09H30 de Brasília).

A China está investindo bilhões de dólares na construção de malha ferroviária.

Recentemente, no dia 30 de junho, o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, inaugurou oficialmente uma linha de alta velocidade, com custo avaliado em 33 bilhões de dólares, entre Pequim e Xangai.

Os grandes investimentos transformaram o setor em foco de corrupção. Segundo uma auditoria estatal, pessoas ligadas à direção das construtoras desfalcaram no ano passado 187 milhões de iuanes (29 milhões de dólares) na linha projetada entre Pequim e Xangai.