México presta condolências por morte de Itamar Franco

MÉXICO, 2 Jul 2011 (AFP) -O México manifestou suas condolências pela morte do ex-presidente Itamar Franco, que faleceu neste sábado, no hospital Albert Einstein de São Paulo, vítima de uma pneumonia durante tratamento contra leucemia.

"O governo do México lamenta profundamente a morte do senador e ex-presidente da República Federativa do Brasil Itamar Franco (...) e manifesta suas mais sentidas condolências ao governo e ao povo deste país, assim como aos familiares e amigos de tão destacado líder", diz a nota da chancelaria.

A mensagem lembra a trajetória de Itamar Franco, em particular seus esforços a favor de uma transição democrática e da estabilização econômica do Brasil.

Os quase três anos do governo de Franco (1992-1994), em meio a uma crise política profunda após a queda de Fernando Collor, foram marcados pela realização de um plebiscito que confirmou o presidencialismo como forma de governo e a batalha contra a hiperinflação quase crônica com o sucesso do Plano Real, lançado em 1994.

O êxito do Plano Real serviu de plataforma de lançamento para a candidatura presidencial de Fernando Henrique Cardoso, que foi chanceler e depois ministro da Fazenda de Itamar Franco.