98% da população aprovam revisão constitucional no Marrocos 

Mais de 98% dos marroquinos votaram 'sim' ao projeto de revisão constitucional, revelou o Ministério do Interior na madrugada deste sábado (horário local), após a apuração em 94% das seções eleitorais. 

O índice de participação foi de 72,65%. 

O referendo constitucional propõe uma limitação dos poderes do rei Mohammed VI em benefício do primeiro-ministro. Sua aprovação era dada como certa. 

Os colégios eleitorais fecharam às 19h00 de sexta-feira (15h00 de Brasília), segundo as autoridades. 

Cherkaui informou que ‘o referendo ocorreu em clima sereno, e que mostrou o grau de interação entre o povo e o conteúdo do projeto de Constituição’. 

"Os jovens menores de 35 anos representam 30% dos eleitores’, completou. 

Aberta a mais de 13 milhões de marroquinos, a consulta prolongou-se até a noite nos 40.000 colégios eleitorais abertos, também no Sahara ocidental.