Rússia pede que França explique envio de armas a rebeldes líbios

A Rússia pediu explicações da França sobre o fornecimento de armas aos rebeldes líbios, declarou nesta quinta-feira o ministro russo de Relações Exteriores, Serguei Lavrov.

"Perguntamos hoje a nossos colegas franceses se procede a informação de que tenham fornecido armas aos rebeldes líbios. Esperamos a resposta. Se for confirmado, será uma grave violação da resolução de 1970 do Conselho de Segurança da ONU", declarou Lavrov, citado por agências russas.

Estas declarações foram feitas na véspera da visita a Moscou do Ministro de Relações Exteriores da França, Alain Juppé, que deve se encontrar com Lavrov.

Na quarta-feira, o embaixador francês na ONU, Gerard Araud, disse que o envio de armas aos rebeldes líbios feito pela França respeita as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.