Queda de avião na Argentina deixa 4 mortos

Um pequeno avião sofreu um acidente na noite de quarta-feira perto do aeródromo da cidade argentina de Venado Tuerto (366 km a norte de Buenos Aires), matando seus quatro jovens ocupantes, entre os quais havia dois peruanos e um equatoriano, informaram os bombeiros nesta quinta-feira.

"Morreram os quatro ocupantes de um pequeno avião de instrução. Dois eram peruanos, um equatoriano e o piloto, argentino", disse Eduardo Escurra, oficial dos bombeiros de Venado Tuerto, província de Santa Fe, ao canal de notícias TN.

"Chegamos à 00H15 (local e de Brasília) e pudemos constatar que o avião havia caído no solo de bico, e infelizmente os quatro jovens ocupantes perderam a vida no impacto", relatou o chefe do Corpo de Bombeiros da cidade, Daniel Romodijo.

O monomotor Piper A-28 havia partido na tarde de quarta-feira do aeródromo de Morón (perifieria oeste de Buenos Aires) e realizava um voo noturno de instrução quando caiu por volta das 23H00.

Romodijo explicou que a pista do aeródromo de Venado Tuerto estava iluminada no momento do acidente, e destacou que a aeronave possuía "um sistema de duplo comando que facilitava o manejo dos alunos por parte do piloto".

O avião "não pegou fogo, mas estava completamente destruído", acrescentou.

A identidade das vítimas ainda não pôde ser confirmada.