Iêmen: dissidentes tomam agência de imprensa oficial em Sanaa

Seguidores de um poderoso chefe tribal que se uniu à oposição assumiram o controle da agência oficial de imprensa iemenita SABA nesta quarta-feira, segundo testemunhas, enquanto em um bairro de Sanaa foram registrados violentos confrontos entre dissidentes e as forças do governo.

Na manhã desta quarta-feira, houve violentos choques entre membros da tribo do xeque Sadek al-Ahmar e forças do governo no bairro de Al-Hasaba, no norte da capital iemenita, após uma breve trégua noturna.

Na terça-feira, 38 pessoas morreram no mesmo bairro.

As hostilidades cessaram de madrugada após um apelo do presidente, Ali Abdallah Saleh, que pediu um cessar-fogo a suas tropas, ao mesmo tempo em que solicitou aos combatentes do poderoso chefe tribal que saíssem dos prédios públicos.

Os homens de Al-Ahmar, que ocuparam os escritórios da companhia aérea nacional Yemenia após terem tentado tomar o ministério do Interior, entraram na noite de terça-feira na agência oficial de imprensa SABA, segundo um alto funcionário que pediu o anonimato. Testemunhas confirmaram o feito dos rebeldes.