Gregos protestam contra medidas de austeridade

Milhares de gregos tomaram a praça Syntagma no centro de Atenas na noite de terça-feira em resposta à convocação feito por um grupo de "indignados" na internet por meio das redes sociais contra as novas medidas de controle decretadas no país.

Cerca de oito mil pessoas se concentraram em frente à sede do Parlamento, segundo a polícia.

A manifestação, com base em Madri, foi organizada pela internet, principalmente pelo Facebook, com a única palavra: "indignados", reunindo pessoas de direita e de esquerda.

O governo grego anunciou um plano de privatizações imediatas e novas medidas de austeridade, entre elas o aumento dos impostos e cortes nos gastos sociais, num país onde a taxa de desemprego cresce há três anos, principalmente entre os mais jovens.

Em Madri (e outras cidades espanholas) milhares de "indignados" passaram vários dias acampados na Porta do Sol para protestar contra a precariedade e a falta de perspectivas reais para os jovens.