Obama diz estar 'inconsolável' com tragédia no Missouri

LONDRES - O presidente americano, Barack Obama, expressou sua tristeza nesta terça-feira com a devastação provocada pelos tornados no meio-oeste do país, que já matou mais de 100 pessoas, e anunciou que visitará a região no próximo domingo.

Em visita de Estado a Londres, onde se encontrará com a rainha Elizabeth II, Obama prometeu que seu governo ajudará as vítimas do desastre até que todas as casas sejam reconstruídas.

O presidente disse estar "inconsolável" com o balanço de vítimas das tempestades, principalmente na pequena cidade de Joplin, no Missouri, onde 116 pessoas morreram na segunda-feira após a passagem de um violento tornado, com ventos de mais de 320 km/h.

"Nossos pensamentos e orações estão com as famílias que estão sofrendo neste momento", disse Obama na residência do embaixador americano em Londres.

"Tudo o que podemos fazer é mostrar que todo o país está profundamente solidário com eles, e que vamos fazer absolutamente tudo o que pudermos para garantir que consigam se recuperar", declarou.

Por fim, o presidente afirmou que pretende viajar ao Missouri no domingo, um dia após seu retorno aos Estados Unidos depois de uma viagem por quatro países europeus.

Obama também fez um apelo aos americanos, pedindo que prestem atenção nos alertas de tempestade em uma temporada de tornados particularmente violenta.

"Estas tempestades geralmente nos atingem sem aviso", advertiu.