EUA convida rebeldes líbios a abrir representação em Washington

BENGHAZI- Os Estados Unidos fizeram um convite ao Conselho Nacional de Transição (CNT) da rebelião líbia, oferecendo-lhes a abertura de uma representação diplomática em Washington, anunciou nesta terça-feira em Benghazi Jeffrey Feltman, subsecretário de Estado americano para o Oriente Médio.

"Entreguei em nome do presidente Obama um convite formal ao Conselho Nacional de Transição (CNT) para abrir uma representação em Washington", disse Feltman.

"Fico feliz por terem aceitado", indicou o diplomata, que está no bastião dos rebeldes desde o último domingo.

Na segunda-feira, Feltman reuniu-se com os principais dirigentes da rebelião, entre eles o líder Mustafah Abdelkhalil.