Eleições 2012: 57% dos franceses querem vitória da esquerda

PARIS - Uma vitória dos partidos de esquerda é o cenário desejado por 57% dos franceses para as eleições presidenciais de 2012, contra 38% que torcem por um triunfo dos conservadores, segundo uma pesquisa do IFOP publicada nesta terça-feira pela revista Paris Match.

Há uma semana, antes do escândalo sexual envolvendo Dominique Strauss-Khan (até então considerado o mais provável candidato socialista à presidência), 56% dos entrevistados diziam querer ver a esquerda novamente no poder.

A personalidade política preferida dos franceses neste momento é o presidente dos radicais e ex-ministro Jean-Louis Borloo (68%, -3), à frente do socialista e potencial candidato François Hollande (63%, +1), seguido pelo prefeito de Paris, o socialista Bertrand Delanoë (61%, -4), e pela primeira-secretária do PS, Martine Aubry.

O atual presidente, Nicolas Sarkozy, aparece em décimo lugar nas preferências do eleitorado, com 34%, enquanto a líder da Frente Nacional (extrema direita), Marine Le Pen, é citada por apenas 29% dos entrevistados.

A pesquisa foi realizada entre os dias 19 e 20 de maio com 962 franceses.