Acidente da Air France foi causado por erros de pilotagem, afirma jornal

O acidente com o voo AF447 Rio-Paris, da Air France, em junho 2009, ocorreu devido a erros de pilotagem e a um erro nos procedimentos habituais, indicou nesta segunda-feira o Wall Street Journal, citando fontes que teriam tido acesso aos resultados preliminares da análise das caixas-pretas.

Os pilotos da Air France foram "aparentemente distraídos por indicadores de velocidade com problemas e não reagiram corretamente frente a outros elementos cruciais do voo, como o ajuste da pressão da aeronave", explica o diário financeiro.

Os últimos momentos a bordo da cabine do A330 indicam, segundo essas fontes, que os pilotos foram aparentemente atrapalhados pelos alertas recebidos de vários sistemas automáticos de controle que foram acionados no momento em que o avião entrava em uma zona de turbulência no trajeto Rio-Paris, mas que também foram prejudicados pela forte geada que não estava prevista a 10.868 metros de altitude.

Geadas como essas interferem no funcionamento normal dos indicadores de velocidade e em outros sensores externos.

Por fim, os pilotos não seguiram os procedimentos habituais para manter a estabilidade da aeronave, o que causou o mau funcionamento dos indicadores de voo e esperaram que os parâmetros em questão voltassem ao normal, concluíram essas fontes.