Balanço de atentados no Paquistão chega a 89 mortos

PESHAWAR - O número de mortos nos ataques de sexta-feira contra uma academia de polícia no noroeste do Paquistão chegou a 89 neste sábado, informaram as autoridades locais.

Os talibãs paquistaneses afirmaram que os ataques em Shabqadar, que também deixaram 140 feridos, foram uma vingança contra a morte de Osama Bin Laden em uma operação das forças especiais dos Estados Unidos no território do Paquistão.

Este foi o atentado mais violento do ano no país.

"O número de vítimas subiu a 89", afirmou o chefe de polícia do distrito, Nisar Kan Marwat.

O balanço anterior era de 80 vítimas fatais.