Forças afegãs acabam com ataque talibã em Kandahar

KANDAHAR - As forças de segurança afegãs mataram o último talibã do grupo que executou uma série de ataques em Kandahar (sul do Afeganistão) no sábado, anunciaram nesta segunda-feira as autoridades provinciais.

As forças oficiais mataram o último dos três combatentes talibãs, que estava entrincheirado em um prédio oficial. Os outros dois morreram no domingo, informou à AFP Zalmay Ayubi, porta-voz do governo local.

As ruas de Kandahar voltaram ao ritmo normal nesta segunda-feira, depois da tensão de sábado e domingo.

Reivindicados pelos talibãs, os ataques de sábado foram executados por rebeldes armados com fuzis e granadas. A ação deixou quatro mortos (dois civis e dois soldados) e 46 feridos.

No domingo, as autoridades locais anunciaram que 20 insurgentes morreram nos ataques e sete foram capturados.

Os rebeldes tomaram o controle de vários prédios e atacaram o gabinete do governador da província de Kandahar. Pelo menos 10 explosões foram registradas - seis atentados suicidas e quatro ataques com carros-bomba.

Os talibãs afirmaram que a ofensiva já estava planejada e não teve relação com a morte de Osama Bin Laden.