Áustria autoriza extradição de ex-premier croata

A justiça austríaca autorizou, nesta segunda-feira, a extradição do ex-primeiro-ministro croata Ivo Sanader, suspeito de corrupção em seu país e detido desde 10 de dezembro na Áustria.

O advogado de Sanader anunciou que apelará da decisão por considerar que o cliente não terá um processo justo na Croácia. De acordo com a agência de notícias APA, Sanader permanecerá detido à espera da decisão.

O processo contra Sanader é considerado na Croácia uma importante iniciativa das autoridades para lutar contra a corrupção, aspecto sobre o qual a União Europeia (UE) insiste para o avanço da aspiração de adesão do país ao bloco em 2012.