Nove mortos em violento combate na Líbia

TRÍPOLI - Pelo menos nove combatentes rebeldes foram mortos e cerca de 50 ficaram feridos nos violentos combates deste sábado contra as forças do Governo nos arredores de Zenten, região montanhosa no sudoeste da Líbia, de acordo com um correspondente da AFP e fontes da organização Médicos Sem Fronteiras.

Tropas aliadas do ditador Muamar Kadafi chegaram pela manhã numa área localizada 15 quilômetros a leste de Zenten, principal cidade da região que aderiu à rebelião em fevereiro.

Centenas de rebeldes saíram de Zenten ao encontro das tropas a bordo de tanques, caminhões ou a pé, forçando a fuga dos militares de Kadhafi para Al Alauinia, região a cerca de 30 quilômetros.

Os combates mais violentos foram registrados ao longo do dia justamente nesta área, segundo um correspondente da AFP, que viu colunas de fumaça subindo pelo céu da cidade, aparentemente abandonada pelos seus habitantes.

Sob o fogo dos rebeldes, as forças governamentais tiveram que abandonar a cidade, deixando para trás veículos e prisioneiros.

No necrotério do hospital de Zenten, o correspondente da AFP contou nove corpos. Uma equipe de profissionais da organização Médicos Sem Fronteiras que chegou ao local há alguns dias disse que havia cerca de 50 feridos, vários deles em estado grave.