Israel cerca Cisjordânia para sua festa de independência

JERUSALÉM -O exército israelense impôs neste sábado um estrito cerco de segurança à Cisjordânia a partir de meia-noite (18H00 de Brasília) até terça-feira à meia-noite para os festejos da independência de Israel.

Durante este período, os palestinos não estarão autorizados a ingressar em Israel, com exceção de casos humanitários ou para as pessoas que precisam de tratamento médico.

As celebrações que marcam o 63º aniversário da criação do Estado de Israel começam na segunda-feira à noite após o "Dia da Memória" em homenagem aos soldados mortos durante suas funções e às vítimas dos atentados.

A festa da Independência comemora a proclamação do Estado de Israel, 14 de maio de 1948, segundo o calendário hebraico.

Israel fecha sistematicamente as passagens com a Cisjordânia nas principais festas por medo de atentados.

O cerco à Faixa de Gaza, imposto desde que o movimento islamita palestino Hamas tomou o controle, em junho de 2007, é ainda mais estrito