Nacionalistas conseguem pela primeira vez maioria no parlamento escocês

LONDRES - O Partido Nacional Escocês (SNP, no poder), de Alex Salmond, conseguiu pela primeira vez a maioria absoluta no parlamento autônomo da Escócia, uma vitória que abre caminho para a convocação de um referendo sobre a independência desta província britânica.

Os nacionalistas escoceses se beneficiaram de um retrocesso dos trabalhistas e dos liberal-democratas e conseguiram 69 das 129 cadeiras no Parlamento de Edimburgo, segundo os resultados definitivos das eleições regionais de quinta-feira anunciados nesta sextaa.

O resto da câmara será composto por 37 trabalhistas (-9), 15 conservadores (-2), 5 liberal-democratas (-11), 2 verdes e uma independente.