Al-Qaeda planejava ataque nos 10 anos do 11 de Setembro, dizem EUA

WASHINGTON - A rede terrorista al-Qaeda planejava ataques contra trens nos Estados Unidos por ocasião do décimo aniversário dos atentados do 11 de Setembro, informou nesta quinta-feira o departamento americano de Segurança Interna, quatro dias após a morte de Osama bin Laden.

"O departamento de Segurança Interna divulgou um boletim nesta quinta-feira para as agências federais" e as polícias dos Estados e Condados "advertindo sobre possíveis planos da al-Qaeda (...) para atacar o setor ferroviário americano", disse o porta-voz Matt Chandler.

"Em fevereiro de 2010, a al-Qaeda planejava operações terroristas contra trens em regiões não especificadas dos Estados Unidos por ocasião do 10º aniversário do 11 de setembro de 2001".

Segundo o porta-voz, a informação procede do material capturado na operação de domingo passado, no Paquistão, que levou à morte do líder da Al-Qaeda, Osama bin Laden.

"Não temos informação sobre qualquer ameaça terrorista iminente ao setor ferroviário dos EUA, mas queríamos que nossos parceiros ficassem cientes dos supostos complôs. Não está claro se algum novo planejamento foi realizado desde fevereiro do ano passado", disse Chandler.

A informação indicava que uma possível tática de ataque a um trem era tentar, de algum modo, tirá-lo dos trilhos, declarou uma autoridade.