Atentado em Marrakesh: três marroquinos foram detidos

Três marroquinos foram detidos nesta quinta-feira, como parte da investigação sobre o atentado em Marrakesh, que deixou 16 mortos no dia 28 de abril, declarou à AFP um funcionário do ministério do Interior marroquino.

Um artefato explosivo acionado à distância foi usado na ação, segundo o ministro do Interior do Marrocos, Taeb Cherkaoui.

"As investigações mostram (que a bomba era composta) de nitrato de amônia do explosivo TATP, assim como pregos", declarou o ministro.