França vai intensificar ataques aéreos na Líbia

PARIS - A França vai intensificar seus ataques aéreos na Líbia para proteger os civis contra as forças do coronel Muamar Kadafi, afirmou nesta terça-feira o primeiro-ministro francês, François Fillon, insistindo, no entanto, na necessidade de se achar uma solução política para o conflito.

Durante uma coletiva de imprensa por ocasião de uma visita à capital ucraniana, Fillon referiu-se à "violência dos bombardeios a que são submetidas várias cidades da Líbia pelas forças leais a Kadafi".

"Por isso vamos intensificar nosso esforço militar a partir de nossas forças aéreas para impedir às forças de Kadafi continuar com seu avanço contra as populações civis", afirmou.