Presidente da Costa do Marfim denuncia golpe de Estado

PARIS - O presidente marfinense, Laurent Gbagbo, não tem intenção de abdicar e denuncia um golpe de Estado do rival Alassane Ouattara, afirmou à AFP seu representante na Europa, Toussaint Alain.

"O presidente Laurent Gbagbo não tem a intenção de abdicar ou de render-se a algum rebelde. Enfrenta um golpe de Estado pós-eleitoral de Alassane Ouattara, que é apoiado por uma coalizão internacional", afirmou Allain.

Questionado sobre o paradeiro de Gbagbo no momento em que suas tropas de elite travam uma batalha ao redor de sua residência e da sede da presidência, em Abidjan, o representante afirmou que ele está no território da Costa do Marfim, mas que não poderia informar a localização exata.