Funcionária sueca da ONU morre na Costa do Marfim

ESTOCOLMO - Uma funcionária sueca das ONU na Costa do Marfim morreu na quinta-feira à noite em Abidjan, provavelmente vítima de uma bala perdida, anunciou nesta sexta-feira o ministério sueco das Relações Exteriores.

De acordo com o porta-voz do ministério, Anders Jorle, a sueca tinha 30 anos e estava em casa quando foi atingida pelo tiro.