Amsterdã festeja 10 anos do primeiro casamento homossexual no mundo

AMSTERDÃ - O prefeito de Amsterdã foi o juiz de paz que casou dois homens nesta sexta-feira, como parte das comemorações organizadas para lembrar o décimo aniversário do primeiro matrimônio homossexual do mundo, celebrado em 1º de abril de 2011 na cidade holandesa.

"Na qualidade de funcionário da cidade de Amsterdã, eu vos declaro unidos pelos laços do matrimônio", declarou Eberhart van der Laan ao emocionado casal, composto por Jan van Breda e Thijs Timmermans, durante a cerimônia no Museu Histórico de Amsterdã.

"Vossa festa pessoal se inscreve em um contexto mais amplo: hoje (sexta-feira), faz precisamente dez anos que o primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo foi celebrado por meu predecessor", disse o prefeito aos jovens noivos.

Em 2001, a Holanda tornou-se o primeiro país do mundo a legalizar a união legal entre pessoas do mesmo sexo. Desde então, outros nove países seguiram seu exemplo: Bélgica, Espanha, Canadá, África do Sul, Noruega, Suécia, Portugal, Islândia e Argentina.

Entre 1º de abril de 2001 e 31 de dezembro de 2010, 14.913 casais homossexuais se casaram em Amsterdã, segundo o Instituto Central de Estatísticas holandês.