Assassinado no Paraguai suposto líder do Comando Vermelho

Um suposto líder da organização criminosa Comando Vermelho foi encontrado morto, com sinais de execução, nos arredores da localidade paraguaia de Ciudad del Este, 330 km a leste de Assunção, informou a polícia local nesta quarta-feira.

De acordo com o informe, trata-se de Luiz Claudio da Rocha Mero, 40 anos, considerado um dos chefes do grupo criminoso, encontrado algemado e crivado de balas. Rocha é um dos criminosos mais procurados pela polícia brasileira.

Entre seus pertences, foi encontrado um documento em nome de José Pereira da Silva. Rocha era acusado de ser traficante de cocaína e de maconha, além de comandar uma das maiores quadrilhas de assaltantes de veículos da zona norte do Rio de Janeiro.

O Comando Vemelho (CV) é a maior e mais antiga facção do narcotráfico do Rio de Janeiro. Nasceu de uma união de presos políticos da ditadura militar (1964-1985) com detentos comuns na isolada prisão de Cândido Mendes, em Ilha Grande (litoral sul do Rio de Janeiro).