Justiça garante que ex-presidente Mubarak continua no Egito

RIO - O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak permanece no Egito, segundo a justiça, que desmentiu assim informações de que o ex-chefe de Estado estaria na Arábia Saudita para um tratamento contra o câncer.

"O ex-presidente e sua família estão em Sharm el-Shheikh", afirmou o porta-voz da procuradoria, Adel Said, em referência à estação balneária do Mar Vermelho para a qual Mubarak viajou depois de ter renunciado no dia 11 de fevereiro.

O jornal Al-Akhbar informou na quarta-feira que Mubarak, 82 anos, estaria em uma base militar de Tabuk, noroeste da Arábia Saudita, para um tratamento contra um câncer de colo e pâncreas, acompanhado pela esposa Suzanne e os dois filhos, Alaa e Gamal.

Mubarak e os membros da família não aparecem em público desde 11 de fevereiro.