Oposição líbia rejeita proposta de mediação de Chávez

A rebelião líbia rejeitou nesta quinta-feira, com veemência, a proposta de mediação internacional do presidente venezuelano Hugo Chávez para solucionar a crise na Líbia, disse à AFP um porta-voz do Conselho Nacional da oposição, em Benghazi (leste).

"Temos uma posição muito clara: agora é tarde, foi derramado muito sangue", disse o porta-voz Mustafá Gheriani, encarregado da assessoria de imprensa do Conselho Nacional de cidades, em mãos da oposição, com sede em Benghazi (1.000 km a leste de Trípoli).

Chávez propôs segunda-feira criar missão internacional de paz formada por vários países amigos para evitar uma guerra civil na Líbia, ao mesmo tempo em que condenou qualquer ação militar contra o país.