Oposição do Iêmen propõe saída de presidente até o fim de 2011

SANAA - A oposição iemenita e os líderes religiosos apresentaram ao presidente Ali Abdullah Saleh um plano para solucionar a crise no país, que prevê a saída do chefe de Estado até o fim de 2011. O mandato de Saleh, no poder há 32 anos, expira em 2013.

"Durante uma reunião com os ulemás, nós concordamos com uma proposta de solução que inclui um mapa do caminho para a saída do presidente até o fim do ano", declarou o porta-voz da oposição no Parlamento, Mohamad al Sabri.

O regime de Saleh enfrenta desde janeiro protestos em Sanaa, Taez, Aden e em outras cidades. Segundo a Anistia Internacional, pelo menos 27 pessoas morreram nos protestos.