Obama diz que Kadafi perdeu a legitimidade e deve partir

O líder líbio Muamar Kadafi perdeu sua legimitidade e deve abandonar o poder, declarou nesta quinta-feira, nos Estados Unidos, o presidente Barack Obama.

"Os Estados Unidos e o mundo inteiro seguem indignados pela horrível violência contra o povo líbio", disse Obama em uma coletiva de imprensa na Casa Branca ao lado do presidente mexicano, Felipe Calderón.

"Seguiremos enviando uma mensagem clara. A violência deve parar. Muamar Kadafi perdeu a legitimidade para liderar e deve partir", acrescentou.