Israel autoriza 14 novas moradias em Jerusalém Oriental

A prefeitura de Jerusalém autorizou a construção de 14 novas moradias em Jerusalém Oriental, informou um vereador nesta quarta-feira.

"Estes 14 prédios devem ser construídos no bairro de Ras al Amud, em um terreno que pertence a uma associação de judeus religiosos", declarou Pepe Alalu, do partido de esquerda Meretz (oposição), que condenou a autorização de construção alegando que criará um sério problema.

Desde a conquista de Jerusalém Leste, em 1967, Israel construiu uma dúzia de bairros, onde vivem mais de 200.000 israelenses, junto a 270.000 palestinos.