França: afluência de imigrantes líbios 'é verdadeiro risco para a Europa'

PARIS - A onda de imigrantes vindos da Líbia "é um verdadeiro risco para a Europa, que não deve ser subestimado", afirmou nesta quarta-feira o ministro francês de Assuntos Europeus, Laurent Wauquiez, ressaltando que a França mantém a mesma posição da Itália.

"A Líbia é o funil da África. O fluxo de imigração ilegal de países como Libéria, Somália e Eritreia passa pela Líbia. É um verdadeiro risco para a Europa, que não deve ser subestimado", disse Wauquiez, em entrevista à rádio pública France Info.

No dia 11 de março, os dirigentes da União Europeia (UE) se reunirão em caráter extraordinário em Bruxelas para estudar uma resposta para a crise na Líbia e no norte da África - e devem preparar um plano para enfrentar a provável onda de imigrantes para a Europa.

A Itália já havia pedido a seus parceiros europeus que a ajudem a enfrentar o problema, mas Alemanha, Suécia, Áustria e outros países se opõem, estimando ser prematuro evocar semelhante cenário neste momento.