Áustria congela bens de Kadafi

VIENA - O Banco Central da Áustria (OeNB) anunciou nesta terça-feira o congelamento dos bens do ditador líbio Muamar Kadafi e de seus parentes no país.

"O OeNB adotou nesta terça-feira um decreto que congela todos os bens de todas as pessoas afetadas pelas sanções da União Europeia (UE)", explica um comunicado da instituição.

Segundo o OeNB, os bens líbios na Áustria chegam a 1,2 bilhão de euros (1,65 bilhão de dólares), mas não explicou se este é o valor que pertence às pessoas afetadas pelas sanções.