Kadafi diz que EUA abandonaram a Líbia

O líder líbio, Muamar Kadafi, disse nesta segunda-feira que os Estados Unidos o abandonaram, e sugeriu que Washington tenha a intenção de ocupar seu país, em uma entrevista a veículos estrangeiros, divulgada pela rede de televisão ABC.

"Estou surpreso, porque temos uma aliança com o Ocidente para combater a Al-Qaeda, mas agora que estamos lutando contra terroristas eles nos abandonaram", disse Kadafi, segundo a emissora ABC, que entrevistou o ditador junto com a BBC e The Times.

"Talvez queiram ocupar a Líbia", disse Kadafi, citado pela ABC.

O canal de televisão completou que Kadafi insistiu que não pode renunciar, já que oficialmente não é nem presidente nem rei.

O líder líbio, no poder desde 1969, chamou o presidente americano, Barack Obama, de "um bom homem", mas completou que na sua opinião ele pode estar desinformado.

"Os anúncios que ouvi dele devem vir de outra pessoa", disse Kadafi. "Os Estados Unidos não são a polícia internacional do mundo", completou.