Começa a retirada de milhares de refugiados da Líbia

BRUXELAS - A Organização Internacional para as Migrações (OIM) começou a retirada de milhares de refugiados, principalmente egípcios, que fugiram da violência na Líbia e que se encontram bloqueados em países vizinhos, anunciou a organização nesta segunda-feira.

A organização afirmou que deve retirar 900 refugiados egípcios da Tunísia para seu país de origem em cinco voos especiais e outros 900 egípcios serão retirados na terça.

Também estava prevista a retirada por mar de 2.000 egípcios a partir do porto tunisiano de Djerba (leste), mas foi cancelada pelo mau tempo. A operação deverá ser realizada nos próximos dias, segundo a OIM.

A OIM também prevê retirar por via marítima, para Alexandria, milhares de egípcios bloqueados no porto líbio de Bengazhi (leste).