Rússia condena uso 'inaceitável' da força contra civis líbios

O ministro de Relações Exteriores russo, Serguei Lavrov, ligou para seu colega russo, Musa Kusa, para expressar sua condenação ao uso "inaceitável" da força contra civis na Líbia, informou neste domingo a chancelaria russa.

Segundo um comunidado do ministério, nessa conversa por telefone realizada no sábado, "Lavrov afirmou que o uso da forças armada pelas autoridades líbias contra a população civil é inaceitável".

"A Rússia e toda a comunidade internacional condenam firmemente esses atos", afirmou Lavrov, citado no comunicado.

Lavrov também pediu a Kusa que a Líbia respeite os direitos humanos e garanta a segurança tanto dos líbios como dos cidadãos estrangeiros.

Trata-se dos comentários mais duros por parte da Rússia para o regime líbio desde o início das revoltas populares.