Alain Juppé é o novo chanceler francês

PARIS - O ex-premier Alain Juppé foi designado neste domingo ministro das Relações Exteriores da França, para o lugar de Michèle Alliot Marie, informou o presidente francês, Nicolas Sarkozy, em uma breve mensagem na TV.

Michele Alliot Marie, anunciou neste domingo sua renúncia ao cargo em uma carta na qual afirma que não cometeu "nenhuma falta" e se defende de uma "campanha de ataques políticos e midiáticos".

"Apesar de sentir que não cometi nenhuma falta, decidi abandonar minhas funções como ministra de Relações Exteriores", afirmou Alliot Marie na carta dirigida ao presidente francês, Nicolas Sarkozy, da qual a AFP obteve uma cópia.

No texto, Alliot Marie, 65 anos, defendeu-se da "campanha de ataques políticos e midiáticos" da qual é alvo "há semanas".

"Há 15 dias, minha família sofre por parte de alguns meios de comunicação de um verdadeiro assédio em minha vida privada, para tentar encontrar algo para me fragilizar", afirma Alliot Marie na carta entregue em mãos a Sarkozy, segundo fontes de seu gabinete.

Suas polêmicas férias de Natal em Túnis em meio às revoltas populares que derrubaram o regime autoritário de Ben Ali, seus vínculos com empresários próximos ao líder tunisiano e os negócios que seus pais concluíram recentemente, estão no foco das críticas contra Alliot Marie.