Maior refinaria do Iraque interrompe produção após atentado

BAGDÁ - A produção da maior refinaria de petróleo do Iraque foi interrompida neste sábado depois de um atentado que causou importantes danos em uma de suas unidades, afirmou à AFP o vice-diretor do complexo petroleiro Baiji, Abdel Kader Sab.

"Vários desconhecidos entraram no estabelecimento às 04h40 locais (22h30 de Brasília, na sexta-feira), mataram dois engenheiros e explodiram uma bomba na unidade norte, que fornece 25% da produção", afirmou.

A refinaria de Baiji, situada a 200 km ao norte de Bagdá, produz 150.000 barris por dia, segundo o Ministério do Petróleo.