Líbia: mercenários atiram contra manifestantes em Musratha

TRÍPOLI - Manifestantes que participavam do enterro de vítimas de combates em Musratha foram alvo neste sábado de disparos de mercenários que chegaram a essa cidade, a terceira maior do país, em helicópteros do regime líbio de Muamar Kadafi, segundo uma testemunha.

Dois helicópteros levaram os mercenários a essa cidade, a 150 km a leste de Trípoli, afirmou por telefone à AFP uma testemunha. Os disparos puderam ser ouvidos pelo telefone.

Na sexta-feira, um morador afirmou que os partidários de Kadafi tinham deixado a cidade, mas que continuava havendo confrontos em uma base aérea próxima, que deixaram "cerca de 30 mortos entre nossos combatentes".

"Os jovens do movimento de 'Revolucionários de 17 de fevereiro' colocaram sacos de areia para proteger a cidade", disse esse morador, contrário ao regime de Kadafi.

Segundo várias testemunhas, combates mortíferos entre partidários e adversários do líder líbio "apoiados por mercenários africanos", ocorreram em Musratha nos últimos dias.