Projeto de resolução da ONU adverte Líbia sobre 'crimes contra humanidade'

Um projeto de resolução do Conselho de Segurança da ONU redigido pelas potências ocidentais adverte Muamar Kadafi de que a violência na Líbia pode ser considerada crime contra a humanidade, informaram diplomatas nesta sexta-feira.

A resolução também pede um embargo de viagens e congelamento de bens contra Kadafi e seus principais aliados e um embargo do envio de armas à Líbia.

A resolução diz que a Corte Penal Internacional deveria investigar a violência no país, disseram diplomatas.

"A resolução afirma que essa violência pode representar crime contra a humanidade", informou um diplomata que não quis identificar-se.