Chile registra terremoto de 6,6 graus na escala Ritcher

Um terremoto de 6,6 graus na escala Ritcher atingiu hoje a costa do Chile, a 25 quilômetros de profundidade. O epicentro do sismo, segundo o Observatório Geológico dos Estados Unidos, foi registrado a 97 quilômetros a oeste da cidade de Talca, na região de Maule.    

As atividades sísmicas no país estiveram intensas durante o fim de semana. Na sexta-feira, um tremor de 6,9 graus abalou a região central.    

O Instituto Sismológico da Universidade do Chile registrou 26 terremotos, dos quais 13 tiveram a cidade de Concepción como epicentro. Dois deles marcaram 5,6 graus na escala Ritcher.    

Concepción foi o epicentro do tremor de 8,8 graus de magnitude que atingiu o Chile em 27 de fevereiro do ano passado, deixando mais de 700 mortos.    

Para o diretor do Serviço Sismológico da Universidade do Chile, Sergio Barrientos, esses reflexos são "normais e continuarão".    

Ele acrescentou que os terremotos vão ficar mais espaçados com o tempo "e irão diminuindo sua magnitude até chegar a um ponto em que se confundam com o resto das réplicas, as que de toda maneira seguirão acontecendo".    

O diretor do Gabinete de Emergências do Chile (Onemi), Vicente Nuñes, assegurou que o serviço continuará funcionando 24 horas por dia. De acordo com ele, houve reforço "nos turnos para seguir monitorando" os tremores, mas tudo "se encontra em normalidade".