Polícia iemenita abre fogo contra manifestantes

ÁDEN - Três pessoas ficaram feridas, uma delas gravemente, no sudeste do Iêmen, quando a polícia abriu fogo e usou bombas de gás lacrimogêneo para dispersar uma manifestação de militantes separatistas, informaram testemunhas nesta sexta-feira.

As forças de segurança atuaram em Mukalah, a capital de Hadramut. Os manifestantes atenderam a uma convocação do movimento separatista para protestar contra a política governamental, explicaram as testemunhas.

Na quinta-feira, milhares de pessoas protestaram em diversas cidades do Iêmen, algumas em resposta à convocação do movimento que deseja a independência do Sul e outras atendendo o pedido da oposição parlamentar, que exige a queda do presidente Ali Abdullah Saleh.