Chávez manifesta desejo de construir diálogo respeitoso com a oposição

CARACAS - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, que completou 12 anos no poder na quarta-feira, afirmou que considera "vital" a construção de um diálogo com a oposição e celebrou o retorno desta ao "jogo político" do Parlamento, após cinco anos de ausência. "Me parece que é vital (o diálogo). Se nós queremos fazer política de verdade, temos que reconhecer o outro", disse Chávez. "Eles retificaram e ganharam o posto que lhes corresponde. Eu estendo a mão de um diálogo respeitoso", completou.

O presidente venezuelano fez referência às eleições legislativas de 2005, boicotadas pela oposição. Em setembro do ano passado, os rivais de Chávez participaram no pleito e conseguiram 40% das cadeiras da Assembleia Nacional (Parlamento unicameral).

"Eles haviam deixado o jogo político. Eles, quando viram que não podiam conosco, decidiram romper o jogo político e transformar o campo político em um campo de guerra. Não fui eu, foram eles", disse o governante.

Chávez recebeu poderes especiais do Legislativo anterior para governar por decreto até meados de 2012. O presidente, que tem mandato até 2012, já anunciou que aspira um terceiro período presidencial de seis anos.