Premier turco considera insuficiente anúncio de Mubarak

ANCARA - O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, considerou insuficiente o anúncio de Hosni Mubarak de que ficará no poder até setembro e opinou que o presidente egípcio deve renunciar imediatamente para satisfazer as reivindicações de seu povo. "O povo (egípcio) espera uma decisão muito diferente de Mubarak", disse Erdogan em visita ao Quirguistão, segundo o canal de notícias NTV.

"A atual administração não goza de confiança em termos de mudanças democráticas pedidas pela população egípcia", destacou Erdogan, que também mencionou a necessidade do anúncio de um programa preciso de transição.

Na terça-feira, o premier turco pediu ao presidente egípcio que escutasse o povo para satisfazer suas reivindicações.

Na terça-feira, Mubarak anunciou que permanecerá no poder até a eleição presidencial de setembro, apesar da manifestação de mais de um milhão de pessoas que exigiram sua renúncia.