EUA se preocupam com 'ataques' à mídia no Egito

Os Estados Unidos estão preocupados "com as detenções e ataques" à imprensa que cobre a crise egípcia, declarou nesta quarta-feira o porta-voz da diplomacia americana.

"Estamos preocupados com as prisões e os ataques contra os veículos de informação no Egito. A sociedade civil que o Egito quer construir inclui uma imprensa livre", escreveu Philip Crowley.

Nesta quarta-feira, o canal catariano Al-Jazeera informou que seus programas, que já haviam deixado de ser transmitidos por um satélite egípcio, também estão sofrendo interferências em satélites controlados por outros países árabes.