Egito: pelo menos 500 feridos entre os manifestantes no Cairo (médicos)

Pelo menos 500 pessoas ficaram feridas nesta quarta-feira em confrontos violentos no centro do Cairo entre partidários e adversários do presidente Hosni Mubarak, informaram fontes médicas à AFP.

Ao cair da noite, granadas de gás lacrimogêneo foram atiradas contra os manifestantes perto da praça Tahrir, no centro da capital egípcia, segundo um corresponte da AFP no local.