Ban Ki-moon diz que ataques contra manifestantes egípcios são 'inaceitáveis'

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, considerou "inaceitável" qualquer ataque contra manifestantes pacíficos no Egito, onde opositores e partidários do regime do presidente Hosni Mubarak se enfrentam violentamente nesta quarta-feira.

"Estou profundamente preocupado com a violência contínua no Egito", declarou Ban, que está em Londres.

"Qualquer ataque contra os manifestantes pacíficos é inaceitável e eu o condeno energicamente", acrescentou, pedindo "moderação" a todas as partes envolvidas.