Sinagoga é incendiada no sul da Tunísia

Uma sinagoga, situada perto da cidade de Gabes, no sul da Tunísia, foi incendiada na noite de segunda-feira, informou à AFP Trabelsi Pérez, chefe da comunidade judia de Djerba (500 km ao sul da capital).

"Desconhecidos incendiaram a sinagoga na noite passada e os rolos da Torá foram queimados", lamentou-se Pérez, falando por telefone.

"Fiquei surpreso porque havia policiais não muito longe da sinagoga", prosseguiu Pérez, também presidente da Ghriba, a mais antiga sinagoga da África, na ilha de Djerba, que foi alvo, em abril de 2002, de um atentado com caminhão-bomba reivindicado pela Al-Qaeda.

Nesse atentado, morreram 21 pessoas.

A comunidade judia na Tunísia é representada por 1.600 pessoas, principalmente em Djerba.