Tunísia: polícia dispersa com violência jovens reunidos no centro da cidade

A polícia tunisiana reprimiu com brutalidade dezenas de jovens reunidos no centro de Túnis, na Tunísia, perto do ministério do Interior. O confronto se deu no início da tarde desta segunda-feira.

Jornalistas viram policiais perseguir jovens e agredi-los com violência várias vezes quando caíam ao chão, a golpes de cassetetes e granadas de gás lacrimogêneo. Várias pessoas foram interrogadas, depois de empurradas para o interior de furgões da polícia.

No final da manhã, pequenos grupos de manifestantes se encontraram na avenida Habib Bourguiba, a grande artéria do centro de Túnis, para exigir a saída de todos os funcionários do ministério do Interior, vindos do antigo partido no poder, o RCD do ex-presidente Ben Ali. Alguns exigiam até a demissão do próprio ministro, recentemente nomeado para a equipe de transição.

A intervenção da polícia durou menos de dez minutos e a calma retornou imediatamente no centro, onde uma forte chuva começou a cair às 13h15, hora de Brasília.