Atentado suicida mata três policiais no noroeste do Paquistão

ISLAMABAD - Três policiais morreram nesta segunda-feira em um atentado em Peshawar, noroeste do Paquistão, país no qual os talibãs aliados da Al-Qaeda executam uma campanha de ataques violentos.

Os policiais faziam uma patrulha de rotina em um bairro da periferia da cidade, localizado nas proximidades das zonas tribais onde o Exército combate os talibãs, no momento do ataque, informou Siraj Ahmed, um alto funcionário do governo de Peshawar.

O chefe adjunto da polícia do distrito, Rashid Khan, o motorista e um segurança, ambos oficiais, morreram no atentado.

"O homem-bomba era um jovem. Ele chegou caminhando e quando passou ao lado da caminhonete policial detonou a bomba que transportava", afirmou Ahmed.