Explosão em aeroporto de Moscou deixa ao menos 35 mortos. Pânico foi filmado

Subiu para 35 o número de mortos no atentado cometido nesta segunda-feira no aeroporto de Moscou-Domodedovo, segundo números mais recentes divulgados pela porta-voz do aeroporto, Elena Galanova.

Por volta das 15h30, a cabeça do suposto autor do atentado foi encontrada. A identidade do homem não foi divulgada.

"De acordo com os dados atualizados, há 35 mortos e 46 feridos", declarou a porta-voz ao canal NTV.

Um número anterior fazia referência a 130 feridos, entre eles 20 gravemente, vítimas da ação cometida no setor de desembarque dos voos internacionais.

Um homem-bomba estaria por trás do incidente, ocorrido à tarde no terminal de desembarques internacionais, segundo a Interfax.

"De acordo com informações preliminares, a explosão foi provocada por um homem-bomba no setor de embarque internacional", afirmou uma fonte dos serviços de segurança ouvida pela agência.

O Domodedovo é um dos principais aeroportos da Rússia, localizado no sul de Moscou,  e um dos maiores da Europa.

>> Confira os principais atentados da Rússia desde 1999

Veja o vídeo:

Com informações da AFP