Duvalier declara 'profunda tristeza' por vítimas de seu governo

O ex-ditador haitiano Jean-Claude Duvalier convocou nesta sexta-feira à "reconciliação nacional", garantindo ter voltado para demonstrar sua "solidariedade" às vítimas do terremoto de janeiro de 2010.

Em sua primeira coletiva de imprensa desde o retorno surpresa ao Haiti no domingo, dia 16, após 25 anos no exílio, "Baby Doc" Duvalier também expressou sua "profunda tristeza por todos aqueles que dizem que foram vítimas do meu governo".

"Estou aqui para demonstrar minha solidariedade neste momento difícil", acrescentou.

Duvalier voltou ao Haiti no domingo, mas os motivos exatos de sua atitude continuam sendo confusos.

O ex-ditador garantiu que retornava para "ajudar" os haitianos após o devastador terremoto de 12 de janeiro de 2010, que deixou pelo menos 220 mil mortos e mais de 1,3 milhão de desabrigados.